Welcome to Sunnydale!
Você acredita em monstros?
Certa vez alguém disse: que somos caçadores, perseguindo eternamente a verdade inquietante de nossa condição humana, buscando em nosso íntimo por aquilo que é sujo, incerto, impuro. Ao olharmos os monstros que criamos, adquirimos um discernimento um pouco mais amplo de nossa "metade negra".
Apenas embarcando nessa jornada podemos descobrir nossos eus verdadeiros e ver nossos reflexos no espelho. O fascínio desta promessa de conexão espiritual é praticamente irresistível. Mas trata-se de uma aventura por demais perturbadora.
Não olhe a própria alma, a menos que esteja preparado para enfrentar o que descobrir. E, neste momento, lembre-se: monstros não existem... Nem mesmo em Sunnydale.
Fala que eu te escuto - Staff
Dawning
Narrador
Calendário
ON: 16.04 a 30.04
Neste período teremos ações livres; no entanto, teremos a visita especiais. Estejam atentos e divirtam-se!

OFF
Reabertura do fórum agendada para 27.11.17
Últimos assuntos
» Poderes Vampíricos
Ter Nov 14, 2017 3:06 pm por The Moon

» Vampiros - um pouco sobre
Ter Nov 14, 2017 2:45 pm por The Moon

» Trama central
Sex Nov 10, 2017 4:48 pm por Dawning

» Lisa Stark
Ter Set 12, 2017 11:05 pm por Lisa Stark

» Mark Dupont - humano
Ter Set 12, 2017 10:40 pm por Markus Dupont

» Kendrick Nightgale - bruxo
Ter Set 12, 2017 6:46 pm por Kendrick Nightgale

» Daphne Windsor
Seg Set 11, 2017 11:53 am por Daphne Windsor

» Dean Parker
Sex Set 08, 2017 10:20 pm por Dean Parker

» Alexander Parker - Humano
Qui Set 07, 2017 9:50 pm por Alexander Parker


Ambientação

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ambientação

Mensagem por Narrador em Sab Jun 24, 2017 11:58 pm

O INÍCIO




Fairvale (Sunnydale), Califórnia,1692

No ano de 1692, Fairvale era uma das vilas mais prósperas do Novo Mundo, um lugar onde os sonhos de riqueza e prosperidade de muitos poderiam se tornar reais. Vários peregrinos sonhavam com essa Canaã, a terra prometida.  Todavia não apenas os puritanos viam no Novo Mundo sua chance de recomeço. Um recomeço distante do horror das perseguições infligidas pela Santa Inquisição Católica no continente europeu, e viram na colônia sua única chance de escapar e sobreviver.

Assim sendo todos aqueles que de alguma forma cultivavam laços com o sobrenatural se abrigaram na pacata cidade, misturando-se com os humanos, fazendo de Fairvale seu porto seguro, um lugar onde estavam a salvo. Atraídos pela liberdade que reinava no vilarejo, cultuadores da magia negra, decidiram também se estabelecer por lá e tudo ia muito bem, até o encontro da jovem Suzannah Ravensworth com um deles.

Suzannah era membro de uma antiga linhagem de bruxos que viveram na região hoje conhecida por Donnelaith, na Irlanda e sua ascendência remetia aos celtas. Uma família extremamente poderosa e que, até então havia se mantido distante da magia negra. Todavia Suzannah não se conformava com o que chamava de limitação de seus poderes e diante da proposta tentadora de ampliação de seus dons e poderes feitas por Karl Bukchard, não fez outra coisa senão lhe dizer sim.

Suas atitudes impensadas chamaram a atenção dos moradores do vilarejo e sua intransigência acabou colocando não somente os bruxos no olho do furacão mas a todos em perigo. A jovem foi alertada de todas as formas por sua família sobre os perigos de continuar naquele ‘relacionamento’ com Bukchard, tendo inclusive sendo proibida de fazê-lo e, no entanto, fez ouvidos moucos. E foi aí que se deu toda a tragédia.

Os inquisidores da rainha Maria II, foram trazidos à colônia para verificar como seus súditos estavam se comportando e logo ficaram sabendo dos acontecimentos sobrenaturais na cidade. Entre janeiro de 1692 a maio de 1692, um clima de terror se instalou em Fairvale. Acontecia o mesmo em Salem e como na nominada cidade, ergueram-se irmão contra irmão, vizinho contra vizinho, o pânico dominava o pequeno vilarejo e todos temiam ser convocados a depor diante do Tribunal da Santa Inquisição que se instalara na cidade.

Finalmente, em maio de 1692 o tribunal teve fim quando dezenas foram condenadas a morte por bruxaria ou qualquer outro tipo de ligação com o sobrenatural, aqui nominado diabo. Foram executados pela forca, afogamento, decapitação, esquartejamento ou  fogueira. Médiuns e bruxos, sem exceções. Suzannah Ravensworth foi um deles. A jovem ainda que tenha se afastado da família foi denunciada por uma de suas irmãs e condenada a morte na fogueira.

Diante de tamanha tragédia e desejosos de dissociar sua imagem de acontecimentos assim, as autoridades da cidade apelaram para uma mudança de nome Fairvale para Sunnydale daí a razão de quase nenhum habitante conhecer o passado nefasto da cidade. Exceto, é claro, os descendentes dos fundadores de Fairvale que estavam intrinsecamente envolvidos na caça aos tidos hereges.

¨¨¨*¨¨¨¨

Sunnydale, primavera de 2016.

A sociedade contemporânea, perdida num mundo cada dia mais virtual, tem se tornado mais e mais incrédula. É claro que as crenças variam de nação para nação, mas, em geral, bruxaria e comunicação com os mortos continuam sendo mal vistos pela grande maioria da população no mundo atual. As pessoas já não acreditam em médiuns, bruxos ou espíritos errantes. Menos ainda em vampiros ou lobisomens - ou qualquer criatura que escape do seu conceito de humano-normal-dentrodacaixinha. Humanos. em geral, creem apenas no que seus olhos podem ver.

Mas e se o fantástico fosse real?  E se os mitos, aquelas criaturas que imaginamos serem apenas criações de mentes insanas perambulassem entre nós?

É o que os moradores da pequena e pacata Sunnydale descobrirão, uma vez que muitas pessoas ligadas ao sobrenatural tem se deslocado para a cidadezinha. Quer saber como isso termina? Junte-se a nós e escreva você também suas crônicas em Sunnydale.







avatar
Sobre mí
Mensagens : 24
Data de inscrição : 24/06/2017
Para más información
Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum